Seguidores

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Enganando a si mesmo

Parece pouca coisa ou fácil falar de mente. Mas fica sem saber como lidar com os pensamentos pra ver onde você vai acabar. O que o Dr. Lair Ribeiro, médico e autor de 11 best sellers no Brasil escreve é autoconhecimento que serve para área profissional, pessoal, espiritual etc. Ele traz um conhecimento importante, mas que poucos sabem utilizá-lo.
xx
Ter feito esta leitura sobre as forças antagônicas gerando conflito em nossa mente. Só ajudou com que me recuperasse mais rápido de uma enfermidade que atravessei dois meses atrás. O que não foi nada fácil... Mas com fé em Deus, amor de mãe, medicamentos e a força de pensamentos bem direcionados para o universo. Consegui um retorno positivo. Talvez, porque seja dessas pessoas que "acreditam primeiro pra ver depois" e não o contrário.
xx
Sabe quando uma pessoa acredita em algo, mas age de forma diferente? São confusões na mente, isso acontece quando duas idéias opostas dividem espaço no mesmo cérebro, segundo Lair Ribeiro, médico.
xx
Leia o exemplo abaixo:
xx
Pensamento n°1: Preciso estudar porque tenho prova amanhã
xx
Pensamento n°2: Estou com preguiça de estudar e vou dormir
xx
A perda de energia aí será iniciada, porque foi criado um conflito interior em seu cérebro. Abrindo espaço para o sentimento de culpa posteriormente. Então o que pode-se se fazer?
xx
Diminuir a distância entre as duas idéias, dando um jeito de elas ficarem mais parecidas. Que tal assim: "Sou bom nessa matéria, então vou dar só uma lidinha e vou descansar depois."
xx
Para Ribeiro ao pensar deste jeito, acaba-se racionalizando, ou seja, arrumando uma explicação coerente para um impulso que vinha do inconsciente. Assim, deixa-se de viver frequentemente um processo de auto-ilusão, enganando a si mesmo, nas diversas áreas em que atuamos.
xx
Ps: No meu caso, especificamente, foi na saúde. Utilizei esse conhecimento da neurolinguística, naquele momento delicado, pois pensava na cura e não na doença. Ainda me visualizava num contexto saudável. Já que pensamento é som, imagem e sentimento que por sinal me deixava alegre. Minha frase era: "Quero e sou a cura".
xx
Fonte de pesquisa:
RIBEIRO, Lair. Pés no chão, cabeça nas estrelas. Editora Moderna, São Paulo-SP, 1997.

5 comentários:

Sissym disse...

Creio que muitas pessoas vivem lutando contra forças antagonicas. Como o Anjo bom e mau e saber ouvir e agir na hora certa.

Minha querida, desejo que esteja melhor, se precisar de mim para conversar um pouco, estou a sua disposição.

Roniel A. Julio disse...

Amiga, os textos de auto-ajuda são, em sua maioria, excelentes. Já li algumas coisas do Dr. Lair Ribeiro, e o admiro muito. Devemos pensar sempre positivamente, pois os pensamentos positivos atraem energias positivas, e isso acaba sendo recebido pelo nosso cérebro e canalizado pelo corpo. Parabéns pela postagem. Abraços. Roniel.

João Poeta disse...

Os pensamentos antagônicos estão sempre nos obsidiando e a guerra fica declarada, resta-nos ir à luta para vencer os obstáculos que se interpõe no nosso caminho. Acreditar nas coisas positivas é o melhor remédio para o equilíbrio da nossa mente. Não vale a pena ter algo cutucando a nossa consciência, mesmo que pareça insignificante, mas é preciso estar sempre vigilante e isto não é muito facil.
Adorei a matéria.
Um abraço
João

Joselito disse...

É como se o cérebro fosse uma criança, você deve evitar "dizer" coisas negativas para ele ...

LISON COSTA disse...

SAUDAÇÕES!
AMIGA SHEILA, o texto é super interessante e além do mais educativo nos remetendo a repensar muitas coisas...por isso é que é bom adquirir o hábito de pensar nas boas coisas, isto é, com moderação.
Aproveito a oportunidade para lhe desejar um ótimo fim de semana com muita energia positiva para você!
Parabéns por mais um excelente post!
Abraços,
LISON.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin